Publicado por: MotociclismoBR | 15/08/2011

Instalação de um Aquecedor de Manoplas para GS500

 

     Quem pilota moto e nunca pegou uma baita chuva gelada num dia bem frio? Muitas vezes isso é bem pouco previsível e geralmente nos pega desprevinidos. Resultado: luvas enxarcadas e dedos congelando (isso se você estiver de capa de chuva e botas impermeáveis!).

     Eu sempre gostei de frio para andar de moto por poder usar blusa com jaqueta, calça e bota de cano alto sem cozinhar. Mas frio excessivo e moto é dureza, mas não vale encostar a moto e usar o carro!

     Passar por isso pode ser muito perigoso devido à anestesia que dá na mobilidade e sensibilidade das mãos no acionamentos dos principais comandos de uma moto: acelerador, embreagem, freio dianteiro, buzina, setas e lampejador de farol alto. Todos esses comandos vitais para a segurança (tanto do piloto quanto de todos os que estão em volta dele) ficam absurdamente difíceis de acionar depois de algum tempo pilotando no frio.

     Seja na estrada ou na cidade, os mais conhecidos e melhores recursos que podemos utilizar são os protetores de punho (que ficam bons apenas nas motos Trail, TT, Maxi Trais, e algumas Touring) e os aquecedores de manoplas. Também existem as luvas impermeáveis que ajudam muito, além das raras luvas com aquecimento (nunca vi nenhuma à venda no mercado brasileiro).

 

     Eu passei por várias situações terríveis de frio e chuva na moto pegando estrada. Elas aconteceram ao passar pela Serra do Mar, tanto descendo para o litoral quanto subindo de volta à capital, e também pela Serra de Japi, na região de Jundiaí (que foi o último caso, com a trip brevemente relatada num post anterior [clique aqui para ver o post!]). É muito ruim, tudo congela, os joelhos não dobram e nem esticam, o nariz escorre, a garupa reclama na sua orelha… não recomendo pra ninguém!

     Passando por tudo isso, instalei um par de aquecedores de manoplas! Vamos ao tutorial:

Material necessário:

     Aquecedor de manoplas; porta fusível e fusível, fita isolante, estanho para solda e álcool.

     O aquecedor de manoplas que comprei é um dos mais simples e baratos que existem. Consiste em duas chapinhas plásticas com uma resistência elétrica por dentro de cada uma delas. Comprei de um cara do Clube da XT600 que trouxe vários deles dos EUA e paguei R$50,00. Ele tem a potência de apenas 3Watts, o que é bem pouco, mas suficiente.

Aquecedores, botão tic-tac e porta fusíveis.

 

Aquecedores de manoplas com botão tic-tac e porta fusível

     Ele já veio com a fiação toda e o botão de acionamento, mas preferi tirá-lo e colocar um botão tic-tac preto pra ficar mais discreto. Custa entre R$0,50 e R$2,00.

     Usei um porta fusíveis com fusível de 10 Ampéres. Custa uns R$ 2,50 com fusível.

     Um pouco de fita isolante e estanho para soldar as emendas com ferro quente.

Como instalar:

     Primeiro é preciso achar algum fio positivo pós-chave para que os aquecedores funcionem somente com a moto ligada na chave (isso evita que fique acionada com a moto desligada podendo descarregar a bateria a ponto de não poder ligar a moto). Eu usei a fiação que liga a lâmpada da luz de posição. Na verdade eu usei a fiação que já havia puxado dali para conectar uma tomada 12V, mas esse assunto eu deixo pra depois.

     Não se esquecer de ligar o porta-fusível no positivo! O meu ficou dentro da carcaça do farol, mas as coisas já estão muito apertadas lá dentro que acho que vou deixar ele para fora, entre o farol e o painel… Não ficaria aparente pois uso uma bolha fumê.

     O fio de aterramento liguei no mesmo fio negativo da luz posição. Já estava tudo ali e o fio alcançava, então fiz lá mesmo, mas você pode aterrá-lo em qualquer contato com o quadro da moto.

 

Ligação nos fios da luz de posição observando a polaridade.

     Achado o fio certo, agora é preciso retirar as manoplas para instalar os aquecedores por baixo delas. Isso eu pensava ser difícil, pois as manoplas ficam muito bem presas, muito apertadas, mas utilizando um pouco de álcool dá pra tirar elas de lá com muita facilidade e também recolocá-las. Na GS é preciso retirar os pesos de guidão.

 

O álcool reage com a borracha fazendo com que ela saia com facilidade do guidão.

     Não esqueça de observar bem por onde todos os fios passarão para ficarem bem discretos! O meu podia ter ficado melhor, mas só percebi depois que terminei!

     Agora basta colar os aquecedores. Eles vem com uma superfície adesiva para se prenderem ao guidão. Eu só tomei o cuidado de isolar melhor o contato entre eles, e eles e o guidão, no lado esquerdo principalmente para não ter riscos de curto cirtuito, pois achei os conectores deles muito expostos.

     Daí, basta aplicar novamente o álcool nas manoplas que elas encaixarão com muita facilidade sobre os novos acessórios! Fica um pouquinho mais grosso do que com a manopla sozinha e achei isso bom, pois melhora a pegada, o grip!

 

Atenção para a posição dos fios para não enroscar em nada.

     Só precisa tomar cuidado na posição dos fios do aquecedor que vai na manopla direita, pois o acelerador precisa ter movimentos livres sem nada enroscando!

     Com o botão que já vem no kit, basta achar um local de fácil acesso e que também seja discreto. Só troquei o meu para ficar mais discreto ainda:

 

Punho: no centro o botão do aquecedor e mais à direita minha tomada 12V e acima dele o suporte de GPS.

     Tudo isso deve ficar bem isolado com fita isolante e as emendas devem ser soldadas com estanho. Em alguns lugares usei também daquela fita isolante de auto-fusão, pois ajuda também a evitar que penetre água.

     Agora é só ligar nos dias mais frios que o negócio esquenta rapidinho!

Algumas observações :

     Esse modelo é dos mais baratos. Existem outros, inclusive daqueles que o aquecedor já vem numa manopla, mas esses são caros e os que vi eram de 4Watts, contra os 3Watts desse que comprei.

     Fiz a ligação na fiação da luz de posição, onde eu já tinha ligado uma tomada 12V para usar com meu GPS. Não entendo muito de elétrica, mas evitarei usar a tomada ligada junto com os aquecedores. Não sei o quanto a fiação do chicote suportaria.

     Eu poderia ter ligado-o na fiação do chicote do alarme dedicado da GS. Lá tem o positivo pós-chave necessário, ou então o positivo direto da bateria, mas preferi deixá-lo para uma outra futura gambitech.

     Existe a possibilidade de instalar o acessório por cima da manopla cobrindo-a com uma manta termo-retrátil que vem no kit. Eu achava que por baixo seria quase impossível, mas depois vi que com o álcool a manopla fica muito maleável.

     Enfim, é um investimento de baixo custo, mas com um ótimo resultado.

     Obs.: faça somente se tiver certeza do que está fazendo, caso contrário procure alguém que entenda de elétrica de motos.

por: R. Xiita    -     http://vamosdemoto.wordpress.com

https://suzukigs500.wordpress.com/


Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Categorias

%d blogueiros gostam disto: